Blog

Partilhamos a opinião dos especialistas

Porque é que Enhanced Recovery é uma bebida fantástica? Nós explicamos!
Nutrição desportiva

20 Outubro 2021

Porque é que Enhanced Recovery é uma bebida fantástica? Nós explicamos!

Porque é que Enhanced Recovery é uma bebida fantástica? Nós explicamos!

Após um sessão de treino intensa, deveremos estar focados em 3 aspectos fundamentais do ponto de vista nutricional.

  1. Recuperar os músculos (com proteína)
  2. Repor energia (com hidratos de carbono)
  3. Hidratação

São estes 3 pontos-chave que ajudam o atleta a evoluir fisicamente e, com o tempo, melhorar a sua performance física. De nada adianta treinar todos os dias se o nosso organismo não evoluir. É a chamada “adaptação ao treino” que todos os profissionais do desporto e atletas procuram.

E aqui a nutrição assume um papel primordial!


Com a bebida Enhanced Recovery, conseguimos juntar o melhor da evidência científica, numa única bebida, certificada, prática e com excelente sabor. Ora vê:


Proteína – sabemos que é importante ter uma ingestão de proteína aumentada (ex: 0,3g de proteína/kg/refeição), e frequente ao longo do dia (ex: 4 a 5 refeições por dia)

A bebida Enhanced Recovery tem 20g de proteína de elevada qualidade. 16g de proteína Whey, colagénio hidrolizado, proteína de girassol e tem ainda 2g de Leucina (o principal aminoácido que estimula a produção de músculo).
Nota: tem ainda 0,5g de L-cartinina, onde estudos em humanos mostram melhorias nos parâmtreos da recuperação muscular.


Hidratos de carbono – são o nutriente que precisamos para recuperar as reservas energéticas do músculo e preparar o corpo para o próximo treino ou competição.
A bebida Enhanced Recovery tem sumo de frutas verdadeiras como a maçã, pêra e groselha negra. Os hidratos naturalmente presentes na fruta (glicose, frutose e ) promovem o início da criação de reservas para o próximo treino.


Antioxidantes – sabemos da importância das substâncias antioxidantes após o exercício intenso, que reduz o dano muscular (como a vitamina E).

A bebida Enhanced Recovery é feita com sumo de frutas verdadeiras, naturamente ricas em polifenóis , antocianinas, vitaminas antioxidantes, e ainda com adição de extrato de alecrim. Em conjunto ajudam a diminuir as dores e a acelerar a recuperação do atleta ou desportista.


Ómega-3 – não são apenas as vantagens em termos cardiovasculares! Em desportistas, cientificamente está provado que os ácidos gordos ómega-3 tem excelentes propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, reduzem as dores musculares após treino e melhoram os ganhos de força promovidos pelo exercício.

A bebida Enhanced Recovery tem uma elevada quantidade de ómega-3, de grande qualidade pois são certificados pela MSC “Certified Sustainable Seafood”.
Enhanced Recovery tem 1600mg de ómega-3 : 820mg DHA, 550mg EPA e 230mg ALA.
(EPA e DHA, abreviaturas para os
ácidos gordos eicosapentaenóico e docosahexaenóico respectivamente, são os ácidos gordos ómega-3 que realmente precisamos no organismo e com reais benefícios).


Vitamina D – a vitamina D ajuda na recuperação do músculo através da ajuda na síntese proteica. Pessoas com níveis suficientes de vitamina D recuperam melhor que pessoas com insuficência ou défice de vitamina D.

A bebida Enhanced Recovery fornece 50% da dose diária recomendada de vitamina D, e claro, na forma química mais eficaz para o nosso organismo - o colecalciferol.


Óleo de cominhos (Nigella Sativa) – cujo principal componente é uma substância chamada timoquinona, com potenciais benefícios e evidência científica no tratamento de doenças inflamatórias ou infeccionas, cancro, doenças cardiovasculares e diabetes tipo2.

A bebida Enhanced Recovery incorpora esta substância de modo a elevar o valor nutricional desta bebida de recuperação.


Certificado INFORMED-SPORT – A bebida Enhanced Recovery tem o certificado Informed-Sport, o que significa que é um produto testado a substâncias proibidas no desporto. Assim tens a certeza que é um produto seguro, livre de substâncias dopantes que para além de perigosas para a saúde, podem arruinar a tua carreira desportiva. Com Enhanced Recovery e Informed-Sport estás em segurança!


Agora imagina tudo isto em conjunto, num bebida prática, com certificado antidopagem e com excelente sabor! É isso a bebida Enhanced Recovery!


bebida enhanced recovery com Informed-Sport

Autor:
Elton Gonçalves
Nutricionista (membro efectivo da ordem dos nutricionista nº0066N)


Referências bibliográficas:

1. Black, K. E. et al. Adding omega-3 fatty acids to a protein-based supplement during pre-season training results in reduced muscle soreness and the better maintenance of explosive power in professional Rugby Union players. Eur J Sport Sci. 18, 1357‐1367, (2018).
2. Gravina, L. et al. n-3 Fatty Acid Supplementation During 4 Weeks of Training Leads to Improved Anaerobic Endurance Capacity, but not Maximal Strength, Speed, or Power in Soccer Players. Int J Sport Nutr Exerc Metab. 27, 305‐313, (2017).
3. Philpott, J. D. et al. Adding Fish Oil to Whey Protein, Leucine, and Carbohydrate Over a Six-Week Supplementation Period Attenuates Muscle Soreness Following Eccentric Exercise in Competitive Soccer Players. Int J Sport Nutr Exerc Metab. 28, 26‐36, (2018).
4. Philpott, J. D., Witard, O. C. & Galloway, S. D. R. Applications of omega-3 polyunsaturated fatty acid supplementation for sport performance. Res Sports Med. 27, 219‐237, (2019).
5. Phillips, S. M. Dietary protein requirements and adaptive advantages in athletes. Br.J Nutr. 108 Suppl 2, S158‐S167, (2012).
6. Phillips, S. M. The impact of protein quality on the promotion of resistance exercise‐ induced changes in muscle mass. Nutr Metab (Lond). 13, 64, (2016).
7. Phillips, S. M., et al. Protein "requirements" beyond the RDA: implications for optimizing health. Appl Physiol Nutr Metab. 41, 565‐572, (2016).
8. Phillips, S. M. et al. A critical examination of dietary protein requirements, benefits, and excesses in athletes. Int.J Sport Nutr.Exerc.Metab. 17 Suppl, S58‐S76, (2007).
9. Fielding, R., Riede, L., Lugo, J. P. & Bellamine, A. l‐Carnitine Supplementation in Recovery after Exercise. Nutrients. 10, (2018).
10. Giamberardino, M. A. et al. Effects of prolonged L‐carnitine administration on delayed muscle pain and CK release after eccentric effort. Int J Sports Med. 17, 320‐ 324, (1996).
11. Huang, A. & Owen, K. Role of supplementary L‐carnitine in exercise and exercise recovery. Med Sport Sci. 59, 135‐142, (2012).
12. Ansary, J. et al. Nutritional Value and Preventive Role of Nigella sativa L. and Its Main Component Thymoquinone in Cancer: An Evidenced‐Based Review of Preclinical and Clinical Studies. Molecules. 26, (2021).
13. Fatima Shad, K., Soubra, W. & Cordato, D. J. The role of thymoquinone, a major constituent of Nigella sativa, in the treatment of inflammatory and infectious diseases. Clin Exp Pharmacol Physiol. 48, 1445‐1453, (2021).
14. Hadi, S. et al. Effect of Nigella sativa oil extract on cardiometabolic risk factors in type 2 diabetes: A randomized, double‐blind, placebo‐controlled clinical trial. Phytotherapy research : PTR. 35, 3747‐3755, (2021).
15. Hannan, M. A. et al. Black Cumin (Nigella sativa L.): A Comprehensive Review on Phytochemistry, Health Benefits, Molecular Pharmacology, and Safety. Nutrients. 13, (2021).
16. Razmpoosh, E. et al. The effect of Nigella sativa supplementation on cardiovascular risk factors in obese and overweight women: a crossover, double‐ blind, placebo‐controlled randomized clinical trial. Eur J Nutr. 60, 1863‐1874, (2021).
17. Ashbaugh, A. & McGrew, C. The Role of Nutritional Supplements in Sports Concussion Treatment. Curr Sports Med Rep. 15, 16‐19, (2016).
18. Barrett, E. C., McBurney, M. I. & Ciappio, E. D. ω‐3 fatty acid supplementation as a potential therapeutic aid for the recovery from mild traumatic brain injury/concussion. Advances in nutrition (Bethesda, Md.). 5, 268‐277, (2014).
19. Lewis, M. D. Concussions, Traumatic Brain Injury, and the Innovative Use of Omega‐3s. J Am Coll Nutr. 35, 469‐475, (2016).
20. Lust, C. A. C., Mountjoy, M., Robinson, L. E., Oliver, J. M. & Ma, D. W. L. Sports‐related concussions and subconcussive impacts in athletes: incidence, diagnosis, and the emerging role of EPA and DHA. Appl Physiol Nutr Metab. 45, 886‐892, (2020).
21. Patch, C. S. et al. The More, the Better: High‐Dose Omega‐3 Fatty Acids Improve Behavioural and Molecular Outcomes in Preclinical Models in Mild Brain Injury. Curr Neurol Neurosci Rep. 21, 45, (2021).

Deixa o teu comentário sobre este artigo

O formulário foi submetido com sucesso.
Campo de preenchimento obrigatório.
Campo de email inválido
Campo com limite máximo de caracteres
Este campo não coincide com o anterior
Campo com limite mínimo de caracteres
Ocorreu um erro na submissão, Por favor revê o formulário.

* Campos de preenchimento obrigatório.